Empreendedorismo Familiar – Vantagens e Desvantagens

O que é empreendedorismo familiar?

Empreendedorismo familiar é basicamente empreender ou abrir uma empresa e trabalhar junto com algum familiar, seja um irmão, pai, mãe, filho, primo, etc…

Uma pesquisa feita pelo Sebrae Nacional mostrou que quase 70% das micro e pequenas empresas são mantidas por famílias, ou seja, os sócios, empregados ou colaboradores são parentes próximos.

Entenda que um negócio familiar é a interação de dois sistemas totalmente separados, a família e o negócio, mas que estão conectados e um pode interferir positivamente ou negativamente no outro. Por isso, tenha um olhar atento para essas questões e saiba separar um sistema do outro.

Como deve funcionar uma empresa familiar?

Quando se decide trabalhar com familiares, é preciso ter em mente que o empreendedorismo familiar NÃO DEVE DIFERIR EM NADA de uma empresa qualquer que não seja formada por pessoas da mesma família, ou seja, deve funcionar com profissionalismo, com respeito entre as pessoas, com regras de hierarquia e comando, com meritocracia, com papéis bem definidos, com planejamento, execução das ações e reuniões periódicas para se chegar num objetivo de aumento de vendas e lucratividade.

Qualquer coisa que seja diferente disso, a empresa, familiar ou não, estará fadada ao fracasso em muito pouco tempo, pois comportamentos contrários que ferem a estrutura básica de uma organização são altamente prejudiciais.

Quais as vantagens de uma empresa familiar?

Existem algumas vantagens como a confiança mútua entre as pessoas da família para cargos de importância como o de finanças, jurídico, marketing e vendas, por exemplo.

Mas veja bem, são vantagens caso as pessoas saibam lidar com os cargos e com as competências envolvidas, o contrário disso se torna um verdadeiro pesadelo, onde os conflitos aparecem e as falências também.

Att.
Ebert Duran


Assista ao vídeo